Search:
Languages:

EL ESPANHOL

El español es el segundo idioma más hablado a nivel mundial del mundo m debido al gran número de nativos que lo hablan. Entre 450 y 500 millones de personas hablan español como primera o segunda lengua. El español además es el tercer idioma más hablado como primera o segunda lengua después del mandarín y el inglés juntos, y es la lengua materna de 400 millones de personas en todo el mundo…Leer más

INFORMAÇAO


Por que estudar espanhol na América Latina?

O melhor lugar para aprender espanhol é no país onde se fala o idioma. América Latina oferece para isso uma grande variedade de países. Podes estudar em uma cidade que é mundialmente famosa como Cusco, ou em uma cidade na costa, como Buenos Aires.


América Latina é um continente muito diverso com 525 milhões de habitantes que em sua maioria falam um só idioma: o espanhol. Cada país e cada região possuem diferentes características culturais, étnicas e geográficas e muito dos destinos oferecem excelentes possibilidades para conhecer impressionantes paisagens. América Latina oferece a possibilidade de praticar um grande número de atividades inesquecíveis e a preços atrativos. Conhecerás de perto novas culturas e aprenderá o idioma, o qual te ajudará durante sua viagem.


Nas diferentes regiões. O espanhol se fala de diferentes formas. Estas formas se chamam variantes regionais ou dialetos. Pelo tanto, o número de variantes do Espanhol na América Latina é tão grande como o continente!


Por que estudar espanhol?

O espanhol é o segundo idioma mais falado a nível mundial (depois do mandarim), devido ao grande número de nativos que fala o idioma. Entre 450 e 500 milhões de pessoas falam espanhol como primeira ou como segunda língua. Como primeira ou segunda língua, é o terceiro idioma mais falado depois do mandarim e inglês juntos e o espanhol é a língua materna de 400 milhões de pessoas em todo o mundo…


O espanhol é o segundo idioma mais estudado no mundo, depois do inglês, o qual estudam 14 milhões de pessoas como mínimo, ainda que outras fontes indiquem que existem mais de 46 milhões de estudantes de inglês, em 90 países. Nos seguintes países se fala espanhol: Argentina, Belize, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Goiânia Equatorial, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. Ademais, se fala como idioma minoritário nos Estados Unidos, Filipinas, Canadá, Marrocos, Gibraltar, Sahara Ocidental e Andorra.


Recentemente, têm sido mostrados os dados que os demonstram a posição forte que ocupa o espanhol em todo o mundo: o inglês e espanhol são as únicas duas línguas vivas que têm se expandido e a comunidade hispano falante, representa a principal minoria étnica dentro dos Estados Unidos, sendo maior em numero que a comunidade americana de descendência africana. Com 37 milhões de pessoas, a comunidade hispano falante forma uma nação dentro de uma nação, tão grande como a população da Argentina, enquanto o grupo representa 13% da população dos Estados Unidos.


O espanhol é uma característica que todo este grupo tem em comum com respeito a sua identidade cultural e esta característica comum ajudará as diferentes classes sociais deste grupo a suportar a crescente pressão dos próximos anos.


O primeiro fator que causa pressão é a influencia enorme e cada vez mais crescente da internet e das novas tecnologias no terreno da informática e a falta dos centros de desenvolvimento neste terreno na Espanha e América Latina; o segundo problema é o contraste que existe entre a versão geral do espanhol (ou "castelhano"), aceitada e entendida por os que falam espanhol e o espanhol que se fala em cada país, o qual se crê na necessidade de manter a unidade sem permitir que se perda a diversidade; o terceiro problema são o contato e a mescla com o idioma inglês.


Os que representam o grupo de 47% dos hispano falantes que viveram durante 12 anos ou menos nos Estados Unidos, dizem que até agora preferem o espanhol como seu primeiro idioma. Não obstante, o "Espanglês" é um fenômeno crescente no mundo dos latinos nos Estados Unidos.


O "espanglês" representa um fenômeno relativamente novo que está sujeito às mudanças todos os dias e alguns pensam que este no futuro seja um novo subidioma, que se poderá comparar com a subcultura dos latinos nos EUA. Em 2050 a população latina haverá triplicado. 98.2 milhões de habitantes formarão parte dela e um de cada quatro habitantes dos Estados Unidos será e descendência latinoamericana.


© 2018 Studyspanishlatinamerica.com All rights reserved.
E-mail: info4@studyspanishlatinamerica.com
Latin
America
Share This
Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Share:
0
0
0
Follow us on: